sábado, 9 de setembro de 2017

Festival de Veneza 2017


Leão de Ouro
The Shape of Water

Leão de Prata – Direção
Xavier Legrand – Custody

Grande Prêmio do Júri
Foxtrot

Prêmio Especial do Júri
Sweet Country 

Volpi Cup – Melhor Interpretação Feminina
Charlotte Rampling – Hannah

Volpi Cup – Melhor Interpretação Masculina
Kamel El Basha – The Insult

Melhor Roteiro
Three Billboards Outside Ebbing, Missouri

Prêmio Marcello Mastroianni (Ator/Atriz em Ascensão) 
Charlie Plummer – Lean on Pete

MOSTRA HORIZONTE 

Melhor Filme
Nico, 1988

Melhor Direção
Vahid Jalilvand – Bedoune Tarikh, Bedoune Emza

Prêmio Especial do Júri
Caniba

Melhor Interpretação Feminina
Lyna Khoudri – Les Bienheureux

Melhor Interpretação Masculina
Navid Mohammadzadeh – Bedoune Tarikh, Bedoune Emza

Melhor Roteiro
Los Versos del Olvido

Melhor Curta-Metragem
Gros Chagrin (dir. Céline Devaux)

The Shape of Water levou o Leão de Ouro e foi um momento muito bonito (o Del Toro é um cineasta fantástico, ele realmente merece), mas talvez inesperado – podia apostar que o filme do Wiseman, Ex Libris, levaria o prêmio (e no fim das contas acabou não levando nada) – e só faz as nossas expectativas aumentarem (e as chances dele fazer bonito na awards season crescem muito). 

Outro momento alto da cerimônia foi a premiação de Charlotte Rampling, uma das maiores atrizes de todos os tempos, por sua performance em Hannah (e ela foi aplaudida de pé)... Será que a nossa querida Charlotte vai voltar à corrida do Oscar esse ano? Esperemos. 

Se por um lado o júri até que conseguiu reconhecer devidamente (talvez?), outros filmes badalados (e elogiadíssimos) saíram de mãos abanando, por exemplo Downsizing, Ex Libris, mother!, The Third Murder, Suburbicon, Mektoub, My Love: Canto Uno e Human Flow.

Nenhum comentário:

Postar um comentário