quinta-feira, 22 de junho de 2017

INVASÃO DE DOMICÍLIO (2006)


A segunda metade do filme conseguiu me tocar mais do que a primeira, nisso percebi o quanto começa fraquinho e vai crescendo, nos fazendo entender cada personagem neste círculo. Incrível aproveitamento do elenco, destaque para as atuações memoráveis de Juliette Binoche e Jude Law. A forma como o filme lida com os dramas individuais e conjuntos desses personagens é realmente admirável, a força dramática que impulsiona essa reflexão metafórica sobre as tensões nas relações humanas é revitalizada pelo desempenho fenomenal desse mesmo elenco. Talvez as resoluções sejam muito simples para questões complexas demais, o que afeta na conclusão fragilizada. O filme final de Anthony Minghella possui um certo equilíbrio dramático, um controle balançeado sobre o desenvolvimento dos personagens, uma narrativa fluível, se por um lado não é um grande filme, é bom o suficiente para nos cativar durante suas duas horas (entretanto senti que poderia ser um pouco menos longo) e impactar (de certa forma).

Invasão de Domicílio (Breaking and Entering)
dir. Anthony Minghella
★★★

2 comentários:

  1. É um interessante drama urbano que foca em temas atuais. Pena que a narrativa é fria e que alguns bons coadjuvantes como Ray Winstone e Vera Farmiga sejam mal aproveitados.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei que a personagem da Vera Farmiga teve um tratamento bastante inadequado, até porque ela só aparece em pouquíssimas cenas e é bastante interessante.

      Abraço, Hugo!

      Excluir