segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Crítica: "CISNE NEGRO" (2010) - ★★★★★



Uma experiência cinematográfica inesquecível! O novo filme do diretor norte-americano Darren Aronofsky, que nos surpreendeu em filmes como Réquiem para um Sonho (2000) e O Lutador (2009) volta a nos surpreender com sua versatilidade e originalidade que são dois elementos muito bem definidos em Cisne Negro, o melhor filme de Darren Aronofsky, sem sombra de dúvidas. A talentosa Natalie Portman dá um show incrível em sua performance no papel de Nina Sayers, uma bailarina que fica enlouquecida em sua sede por sucesso na busca do papel principal na peça O Lago dos Cisnes. 
   
Exibido no Festival de Veneza e indicado a 5 Óscars da Academia (incluindo Melhor Filme), Cisne Negro é uma obra-prima genial do cinema americano, e com certeza um dos melhores thrillers já produzidos na atualidade. Cisne Negro é capaz de produzir diversos sentimentos, e sobretudo, é uma bela reflexão da alma e do ser, além de unificar uma história autêntica, com elementos próprios do filme que buscam nos levar a identificar a sua mensagem. 
     
Porém, além de tudo, Cisne Negro procura nos levar a refletir e pensar sobre quem nós somos, através das situações que enfrentamos e nossas  maneiras de resolvê-las ou interpretá-las. Através da história de Cisne Negro, é possível sentir essas mensagens por trás de seu roteiro miraculoso e inteligente, que procura nos enganar, nos colocando em cenas e situações surrais, que nos introduz a loucura de nossa personagem principal, Nina Sayers.
   
O elenco do filme é excelente, citando e destacando a vencedora do Óscar de Melhor Atriz Principal por seu desempenho nesta maravilhosa produção, Natalie Portman, cuja interpretação é algo essencial para o filme, que o transforma numa obra de arte viva e realista. "Resumindo": Cisne Negro é um filme espetacular, que deve ser assistido, re-assitido e é claro, refletido através de sua mensagem surreal, obscura e filosófica.

Cisne Negro (Black Swan)
dir. Darren Aronofksy - 

Nenhum comentário:

Postar um comentário